NÃO AO TURISMO 

EMBARCADO

TOBE - Turismo de Observação de Baleias Embarcado

7 TEMPORADAS SUSPENSO PELA JUSTIÇA

BERÇÁRIO EM DECLÍNIO, SOMENTE METADE DE BALEIAS DO QUE FOI ESTIMADO VISITARAM O BERÇÁRIO ESTE ANO!

 

O turismo foi liberado por trinta dias para observação e estudos do comportamento das baleias, enquanto que as baleias ganharam na Justiça o direito a que sejam feitos estudos de viabilidade ambiental da atividades e licenciamento para evitar os impactos da atividade.

Estudos nacionais e internacionais apontam para o molestamento (perturbação) das baleias franca e seus filhotes pela presença dos barcos de turismo em momento vital para a recuperação da espécie, que é o nascimento e cuidado do filhote pelo período de quatro meses em que permanecem no berçário. Todo gasto desnecessário de energia pelas baleias compromete a longa e perigosa viagem de regresso à Antártica.

Observe por terra!

Estamos tristes e preocupados!

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now